Quinta, 07 de Janeiro de 2021

Período de chuvas; dicas de prevenção a incidentes

Período de chuvas; dicas de prevenção a incidentes

O período de chuvas vai, em média, da 2º quinzena de setembro à 1ª quinzena de março. Nesta época, nossa região está sujeita a ocorrências de desastres naturais e a atenção deve ser redobrada. Se o tempo fechar, o melhor é prevenir-se. Chuvas podem provocar enchentes, enxurradas, alagamentos, inundações, raios e deslizamentos de encostas. Áreas de risco devem redobrar a atenção para evitar problemas maiores.

 

Você sabe o que são considerados alagamentos, enchentes ou inundações?

 

Alagamento é o acúmulo de água no leito das ruas e no perímetro urbano por fortes chuvas que podem ser provocadas por transbordamentos da rede pluvial.

 

Enchente é a elevação do nível de água de um rio, acima de sua capacidade normal.

 

Inundação é o transbordamento da água da calha normal de rios, mares, lagos e açudes, ou acúmulo de água oriunda do sistema de drenagem, em áreas que não são habitualmente submersas. 

 

O que fazer em momentos de fortes chuvas? 

 

Para prevenir problemas oriundos de chuva forte, existem algumas atitudes que podem ser tomadas e que contribuem muito na diminuição dos riscos que o fenômeno natural provoca. Podar ou cortar árvores próximas a residências com risco de queda, consertar calhas e telhados quebrados, reforço da fixação renovando pregos e madeiras e manter um bom isolamento da fiação elétrica são algumas dessas atitudes. Não acumular lixo nem entulhos nas ruas e verificar as condições de segurança de sua casa (ter atenção para trincas rachaduras) reforçam a lista.
 

Durante temporais se o nível da água estiver subindo, é muito importante ir com sua família para um lugar seguro. Se estiver ao ar livre, procure um abrigo longe de árvores; elas atraem raios e seus galhos podem cair. No trânsito sempre procure um local alto e espere o nível da água baixar. Não pare o carro próximo a árvores ou postes pois há o risco da árvore não resistir ao vento e cair sobre o veículo. Os fios dos postes podem arrebentar, provocando choque elétrico. Caso perceba condição para continuar o trajeto, diminua a velocidade e procure aumentar a distância do veículo da frente. Não feche cruzamentos e facilite a passagem de veículos de socorro. Tome cuidado pois poças d’água podem ocultar buracos.
 

Após tempestades tome cuidado com a água que for para consumo. Certifique-se de que ela não foi contaminada pela inundação, o que traz sérios riscos a sua saúde. Não use equipamentos que tenham sido molhados, sobretudo, equipamentos ligados à rede elétrica. Também tenha cuidado com equipamentos em locais inundados, pois eles também apresentam o risco de choque elétrico ou curto-circuito. Caso identifique danos ou avarias em seu imóvel, entre imediatamente em contato com a Defesa Civíl; de segunda a sexta-feira, de 12h às 18h (32 3251-0033). Sábados, domingos e feriados (32 98812-0929).

 

Rodrigo Abreu

Assessoria de Comunicação