Terça, 05 de Janeiro de 2021

Santos Dumont avança à Onda Amarela do Programa Minas Consciente

Santos Dumont avança à Onda Amarela do Programa Minas Consciente

A partir de amanhã, 6 de janeiro de 2021, atividades consideradas não essenciais que se enquadrem na Onda Amarela do Programa Minas Consciente, criado pelo Governo de Minas Gerais para retomada segura da economia, poderão retomar seu funcionamento. 

 

A decisão está inclusa no Decreto Municipal 3.419, publicado em 5 de janeiro de 2021, após ser assinada pelo Prefeito Carlos Alberto de Azevedo. O documento, que já está em validade, dá ainda diretrizes para o funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes no âmbito municipal. 

 

Desde que aderiu ao Programa Minas Consciente, Santos Dumont segue orientações repassadas pelo Comitê Emergencial que foi criado pelo governo do estado, a fim de orientar municípios nas ações de retomada segura da atividade econômica. No último dia 23 de dezembro, em reunião extraordinária realizada pela Secretaria de Estado de Saúde, foi dada a recomendação para que a microrregião de Santos Dumont regressasse à fase mais restritiva do programa. Em 28 de dezembro, após deliberação extraordinária do Comitê de enfrentamento à pandemia sandumonense, foi decretado o recuo à Onda Vermelha em Santos Dumont.

 

Minas Consciente

 

O plano “Minas Consciente – Retomando a economia do jeito certo” tem o objetivo de orientar a retomada segura das atividades econômicas nos municípios do estado.

 

A proposta, criada pelo Governo de Minas Gerais, por meio das secretarias de Desenvolvimento Econômico (Sede) e de Saúde (SES-MG), sugere a retomada gradual de comércio, serviços e outros setores, tendo em vista a necessidade de levar a sociedade, gradualmente, à normalidade, através de adoção de um sistema de critérios e protocolos sanitários, que garantam a segurança da população.

 

Atualmente, segundo o Governo do Estado de Minas Gerais, mais de 650 municípios aderiram ao Programa Minas Consciente para orientarem-se a respeito das ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19. 

 

Rodrigo Abreu

Assessoria de Comunicação